Câmara aprova verba de R$ 2,7 milhões para reforma da Casa de Cultura

0
168
Maquete do projeto de restauração da Casa de Cultura (Imagem: Divulgação/Lar4)

Após praticamente dois meses parado na Câmara de Mirassol, o Projeto de Lei nº 62/2017, que prevê R$ 2,7 milhões de verba para a Casa de Cultura, foi aprovado pelos vereadores na sessão legislativa da última segunda-feira (9). O projeto foi aprovado por unanimidade e autoriza o município a firmar convênio com o Fundo Estadual de Defesa dos Interesses Difusos (FID), por meio da Secretaria de Justiça e da Defesa da Cidadania do Governo do Estado.

No total, serão repassados R$ 2,7 milhões do órgão estadual para iniciar as obras no prédio da Casa de Cultura. Como contrapartida a Prefeitura entra com R$ 300 mil, totalizando um investimento de R$ 3 milhões. O projeto é datado do dia 24 de julho, porém ficou parado no legislativo nos últimos meses devido a diversos questionamentos por parte de alguns vereadores.

A Câmara havia solicitado informações sobre o real custo para finalizar e entregar a obra. Sem respostas, em setembro o presidente da casa, Beto Feres, encaminhou ofício novamente ao executivo cobrando esclarecimentos e recebeu como resposta que “o valor conveniado contempla a execução total do projeto em relação às obras de engenharia civil, como a revisão da parte elétrica e hidráulica, a pintura, as instalações contra incêndio e a revisão de esquadrias”.

De acordo com declarações do diretor do Departamento de Obras, Antônio Carlos Doimo, “ficam de fora do valor conveniado a compra de ar condicionado, das poltronas, a instalação de cenários e os equipamentos para som”. A Prefeitura informou ainda que não existe uma previsão de orçamento para a conclusão da obra, que é estimada em quase R$ 7 milhões.

Casa de Cultura

Casa de Cultura está fechada a quase uma década (Foto: Juliana Elias)

A Casa de Cultura, ou Cine Teatro São Pedro, foi inaugurado em 1929 idealizado por Cândido Brasil Estrela e projetado pelo arquiteto Ramos de Azevedo conhecido por suas obras na Capital. O local era um centro de referência em teatro, cinema, patinação e funcionava até como hotel. Depois de décadas sem manutenção, o prédio acabou interditado a cerca de 10 anos.

Projeto

Em 2012 um projeto de restauração foi elaborado pelos arquitetos Arthur Henrique Soares Souza e Susanna Muntané Casanova, que têm vasta experiência no restauro de prédios históricos, inclusive com trabalhos desenvolvidos na Europa, com ênfase na Espanha, terra natal de Susanna. Os profissionais ainda contaram com o apoio do Departamento de Cultura, do Museu Municipal e da Fundação Cândido Brasil Estrela.

Projeto da Casa de Cultura sendo apresentado em 2012, quando foi elaborado e entregue (Foto: Natália Campanholo)

A ideia do projeto é manter a estrutura dos anos 50, realizando as adequações necessárias. Segundo os arquitetos, será mantida a sala de projeção do antigo cinema, que irá se tornar um museu dos equipamentos utilizados na época, incluindo o paletó utilizado pelo último projetista que trabalhava ali. No segundo andar, onde funcionava o antigo hotel, a ideia é instalar o Departamento de Cultura. “Toda a parte de prospecção será mantida, incluindo as pinturas, pois seria um pecado não as preservar. O novo elevador e uma nova escada darão acesso ao mirante, que é a parte superior da Casa. Ali, poderá ser desenvolvido um barzinho, com local para apresentações, ou qualquer outro tipo de evento. A ideia foi manter o máximo possível da estrutura antiga, pois sei que existe muita gente na cidade com alguma história ligada à Casa de Cultura”, comentou o arquiteto Arthur Soares na época.

Próximo passo

Com a aprovação da verba a Prefeitura agora deve preparar um processo licitatório para contratação da empresa que vai iniciar as obras na Casa de Cultura.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here