Cruzamentos congestionados, falta de vagas para estacionamento e trevos tumultuados. Essas situações representam um pouco da realidade do trânsito da cidade de Mirassol nos últimos anos, trânsito este que vem se tornando cada vez mais caótico e estressante, afinal, o número de veículos em circulação na cidade só tem aumentado nos últimos anos, sejam eles carros, motocicletas ou caminhões.

Atualmente, quase 44 mil veículos estão em condições de circular pelo município, fora os automóveis de outras cidades que passam por aqui quase que diariamente. Há 12 anos, em 2007, o número de veículos era de apenas 20.547, menos da metade do que foi registrado em fevereiro deste ano.

Os carros são a grande maioria desses veículos, somando 23.727 unidades em circulação, representando mais da metade do total. Outros veículos numerosos são os caminhões, que somam 1,3 mil unidades; as caminhonetes, com 3,5 mil unidades e outras 9,4 mil motocicletas.

Enquanto o número de veículos só aumenta ano a ano, as vias do município há quase uma década permanecem da mesma forma. Com exceção da reforma do viaduto do Beija-flor e da construção de uma nova entrada próximo ao bairro Vale do Sol, poucas soluções para o trânsito foram apresentadas.

Os dados são do DENATRAN (Departamento Nacional de Trânsito)

Entrada principal de Mirassol (Foto: Felipe Poletto)