Um homem de 29 anos tentou atear fogo na própria esposa, na noite da última terça-feira, 27 de agosto. De acordo com informações do boletim de ocorrência, registrado na Delegacia de Polícia do município, a vítima estava acompanhada da filha no apartamento de uma amiga, quando o suspeito entrou com uma garrafa pet com álcool e despejou o produto na mulher. Em seguida ele e ameaçou com um isqueiro.

O caso aconteceu no bairro São Bernardo, no complexo de prédios que existe no local, onde ambos residem. Os vizinhos ouviram a confusão e acionaram a Polícia Militar. Ainda no apartamento da amiga, o homem persuadiu a mulher a seguir seus comandos, usando a criança de três anos. Ele pegou a criança e afirmou que só a soltaria caso a mãe descesse até o pátio para que pudessem conversar. Ela desceu até o lugar indicado e foi agredida, momento em que os policiais militares chegaram e o suspeito fugiu.

A PM saiu em busca do suspeito, ele ainda voltou ao local onde havia agredido a vítima e tentou mais uma vez colocar fogo na esposa, que estava dentro de um carro. Percebendo a ação do suspeito a motorista saiu em disparada com o veículo. O suspeito foi encontrado logo em seguida no apartamento da mãe, que também é moradora do local.

Ao avistar a polícia, o homem tentou fugir novamente e escorregou de uma altura de aproximadamente 12 metros. Ele sofreu lesões leves e precisou ser socorrido para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Posteriormente ele foi encaminhado para a Delegacia de Polícia, onde recebeu voz de prisão em flagrante por tentativa de homicídio. Na ocorrência consta ainda que ele não foi ouvido por estar violento e possivelmente sob o efeito de drogas.