Uma família moradora de Mirassol acaba de ganhar mais um integrante – o Davi Lucas, que está com 16 dias de vida, porém como a maioria dos brasileiros, o casal está passando por dificuldades financeiras e precisa de ajuda para os cuidados com o bebê. Gisele Luiza Tayar Goulart e o companheiro Davi Lucas Goulart de Freitas são moradores do bairro São Bernardo e têm também outras duas filhas pequenas: Maria Eduarda, de 6 anos e Gabrielly, 3 anos.

Família precisa de doações (Foto: arquivo pessoal)

Os dois estão desempregados e para agravar a situação, Gisele passou por uma gestação complicada e teve um parto prematuro, com 33 semanas. Ela estava andando na rua quando a pressão caiu, por conta disso ela tropeçou em um buraco e foi para o chão. Ela começou a ter contrações e seu quadro foi agravado com cinco convulsões, sendo necessário o parto de urgência.

“Minha gravidez foi muito difícil, pois eu vomitava muito passava muito mal, ficava mais internada do que em casa. Eu estava de 33 semanas passei mal na rua e minha pressão caiu, eu não vi um buraco e tropecei, cai de barriga no chão e aí já começaram as dores. Me levaram rápido pro médico e chegando já fiz o exame da faixa e deu muita contração. Me mandaram pro HCM, em Rio Preto, mas antes de eu ir eu tive convulsão”, conta Gisele.

O bebê precisou ficar sete dias na UTI para que o pulmão evoluísse. “A gente saiu do hospital quando ele tinha sete dias de vida e voltamos no outro dia pra internar aqui em Mirassol, porque meu bebe não estava mamando e estava com a glicemia muito baixa. Ele saiu do hospital no outro dia e agora está melhor”, explica a mãe.

A família está precisando de alimentos, itens de higiene, roupinhas para recém-nascido, lençol de berço, fralda de boca e cobertor. “E eu e meu esposo estamos desempregados e com três crianças. Meu esposo procura serviço e não encontra. Se alguém souber de algum trabalho para o meu esposo eu também agradeço de coração”, pede Gisele.

Quem quiser ajudar pode entrar em contato pelo número (17) 99194-0132.