Relação de empregados e desempregados do CAGED (Foto: Divulgação/Internet)

O CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) do Ministério do Trabalho, divulgou recentemente o balanço de contratações formais no Brasil em 2018. Os dados abrangem também os estados e municípios do país, com uma relação mensal de admissões e demissões.

No ano passado, Mirassol registrou 5.472 contratações de profissionais formais contra 5.288 demissões. Um saldo positivo de apenas 184 contratações no período. Quando é levado em conta o desempenho municipal nos últimos 10 anos o saldo é menor ainda.

De acordo com os dados do CAGED, do início de 2009 até o fim de 2018 foram contabilizadas 60.944 contratações e 60.830 demissões, o saldo positivo é de apenas 114, quase irrisório diante do volume total.

O período mais próspero dentro do cenário avaliado aconteceu entre 2009 e 2012, quando quase 26,5 mil novas contratações foram contabilizadas, com saldo positivo de 1.794 novas carteiras assinadas. De 2013 a 2016 o saldo foi negativo, com mais de 2,1 mil postos de trabalho a menos.

Apesar dos dados serem pouco animadores, os últimos anos esboçam uma pequena reação, em 2017 e 2018 o saldo foi positivo em 268 e 184 contratações, respectivamente. No Brasil, a taxa de desemprego em 2018 ficou na casa dos 11%, afetando cerca de 13 milhões de trabalhadores.