Primeira atuação do BAEP e da Cavalaria da PM foi no jogo entre Mirassol x Palmeiras (Foto: Divulgação)

A partida entre Mirassol FC e Palmeiras, realizada na tarde do último sábado (09), no estádio José Maria de Campos Maia, em Mirassol, recebeu a primeira atuação do 9º Batalhão de Ações Especiais de Polícia, o BAEP, e também do Destacamento de Cavalaria. Foram mobilizados cerca de 160 policiais que atuaram em viaturas quatro rodas, ROCAM, além do Canil e da Cavalaria, que contou com 10 cavalos em operação. Toda a atuação foi planejada para garantir a segurança do local.

As novas unidades da Polícia Militar na região foram inauguradas recentemente em São José do Rio Preto. O 9º BAEP foi criado por meio do decreto nº, de 08 de fevereiro de 2019 e o Destacamento de Cavalaria foi inaugurado no dia 25 de fevereiro de 2019. Os policiais do BAEP que atuaram no jogo em Mirassol, foram treinados pelo Comando de Policiamento de Choque (CpChq) da Capital.

O comandante do 9º BAEP é o tenente-coronel, Pedro Augusto Martins Ribeiro, que comandava o 52º Batalhão de Polícia Militar, sediado em Mirassol.

No estádio, foi proibida a entrada de garrafas de bebidas em geral, fogos de artifícios, guarda-chuvas, latas, armas de fogo, armas brancas, caixas térmicas, bandeiras, faixas, cartazes com mastros ou qualquer outro objeto que possa causar ferimento nas pessoas. A Cavalaria foi responsável pelo policiamento ostensivo na parte externa do Estádio. Já o Canil foi utilizado dentro do Estádio, no isolamento do campo de futebol.