Três pessoas foram detidas pela Polícia Militar de Mirassol na noite da última segunda-feira, 29 de julho. De acordo com a PM, os três detidos eram procurados pela Justiça, e também foram apreendidos em posse dos indivíduos uma porção de entorpecente e uma grande quantia em dinheiro.

Foi informado ainda que um dos detidos tem um mandado de prisão a seu desfavor pelo crime de tráfico de drogas. Conduzidos até a Delegacia, todos os envolvidos permaneceram à disposição da justiça.

Jovem que matou padrasto para defender a mãe vai responder em liberdade provisória

O jovem J.P.T.S., de 18 anos, que assumiu ter esfaqueado o padrasto no último sábado, 27 de julho, para defender a mãe, passou por audiência de custódia na segunda-feira (29) e deverá responder pelo crime em liberdade provisória.

Tudo aconteceu após um caso de agressão doméstica, o autor do crime presenciou o namorado da mãe agredindo a mulher durante uma discussão. Amilton Pereira da Silva, de 37 anos, deu um soco na cara da mulher e em seguida saiu de casa, retornando segundo testemunhas com um pedaço de madeira e uma faca.

Diante da situação, o jovem pegou uma faca e desferiu pelo menos oito golpes contra o homem, que chegou a ser socorrido para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Mirassol, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Ele foi velado e enterrado no município.