Obras ETE Fartura (foto: Ricardo Boni/arquivo)

Mirassol, 15 de fevereiro de 2019 – As obras da ETE Fartura, iniciadas em agosto de 2018, chegam a uma nova etapa com a construção de cerca de dois mil metros de emissário – responsável pela conexão entre as redes coletoras e a estação.

Para realizar essa obra, a empresa informa que um trecho de 350 metros da Estrada Municipal 40 funcionará, de 18 de fevereiro a 18 de março, em sistema siga e pare, quando um sentido fica parado enquanto o outro usa a única faixa liberada. A equipe executará o trabalho das 7h às 18h de segunda a sexta-feira, o local poderá ser parcialmente interditado, porém sem prejudicar o fluxo de veículos.

Com a ETE Fartura, os moradores dos bairros Tedeschi, Fartura, Parte do Centro, São José, Renascença, Vale do Sol, Mira-Flores, Cohab I, Pq. Da nascente do São José, São Bernardo IV e San Diego contarão com esse serviço de saneamento. A Sanessol está investindo nessa instalação R$ 11 milhões. A previsão de inauguração é nos próximos meses.

Esgoto em Mirassol

Atualmente, a Sanessol promove o tratamento de 80% do esgoto do município, por meio da ETE Piedade, que atende parte do Centro e do Santa Cruz, Nossa Senhora Aparecida, Santa Cláudia, Cohab II, Cohab III, Bela Vista, Vila Verde, Karina I, II e III, Beija Flor, Alvorada, São Francisco, Jardim Aeroporto, Santa Casa, Souza, Village Mirassol I, II e III, Nova Esperança, Mais Parque e Alphaville, e da ETE Fundão que trata o esgoto gerado pelos bairros: Celina Dalul, Regissol, Laguna, Parque Industrial, Moreira, São Pedro, Tarraf, parte do Marilu, Imperial, Gerotto.

Sobre a Sanessol – A Sanessol, controlada pela Iguá Saneamento e Aviva Ambiental,  é a concessionária responsável pelos serviços de água e esgoto de Mirassol.

Sobre a Iguá – A Iguá é uma nova companhia de saneamento que atua no gerenciamento e na operação de sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário, por intermédio de concessões e de parcerias público-privadas. Atualmente, está presente em cinco estados brasileiros: Alagoas, Mato Grosso, Santa Catarina, São Paulo e Paraná, por meio de 18 operações, que, somadas, atendem a cerca de 6,6 milhões de pessoas. O alcance da prestação de serviços coloca a companhia entre os principais operadores privados do setor de saneamento no país.