A 3ª edição do FestFIM – Festival de Artes do Fim do Mundo está com inscrições abertas para artistas e grupos de todo o estado de São Paulo em qualquer categoria artística, até o dia 19 de setembro. O evento, 100% on-line, é realizado por meio de recursos do ProAc LAB 60/2020.

O FestFIM é um festival internacional, não-competitivo, que trará para o público mais de 100 horas de programação contendo apresentações virtuais gratuitas, além de oficinas e workshops, entre os dias 7 a 14 de novembro.

“A ideia de fomentar a produção artística brasileira, em tempo de pandemia, deu tão certo que já na primeira edição, em agosto de 2020, o FestFIM foi considerado o maior festival on-line de artes integradas do estado de São Paulo. Na última edição, o FestFIM bateu recorde de inscritos, contando com 676 participantes de 83 cidades, além de ter sido a primeira edição internacional. Para esta edição nossas expectativas estão ainda maiores”, ressalta Lawrence Garcia, idealizador do projeto e um dos fundadores da Cia Apocalíptica de São José do Rio Preto.

Vale destacar que o FestFIM tem também um importante papel como uma plataforma de valorização dos artistas. “O festival propicia uma pequena, mas importante distribuição de renda, nesse difícil momento de demanda reprimida, em que a pandemia interfere diretamente no sustento dos trabalhadores do setor de eventos, promovendo assim um fortalecimento na classe artística do interior, disseminando nossa arte e possibilitando que pessoas de todos os lugares assistam o que produzimos ontem, hoje e amanhã” afirma Fernanda Missiaggia, diretora de produção do FestFIM.

Programação traz uma verdadeira maratona cultural
Nesta terceira edição serão selecionados, no mínimo, 20 projetos para fazer parte da programação. Na categoria Estreia, serão selecionadas obras inéditas de grupos e artistas solo sobre a temática “Arte no Fim do Mundo”. Também serão escolhidos espetáculos pré-gravados, curtas, além de projetos que se apresentarão ao vivo, por meio de lives. O público terá oportunidade, também, de conferir reprises dos seis espetáculos mais vistos na história do FestFIM.

Para se ter um panorama da produção mundial da arte digital, haverá apresentações de companhias internacionais convidadas pelo festival. “Na edição anterior contamos com a participação de Angola, Moçambique, Portugal, Áustria, China, Argentina e Bolívia. Toda essa integração promove um entendimento maior sobre a situação que todos estamos passando em diferentes partes do globo”, diz Lawrence.

A programação não para por aí. O FestFIM terá 30 horas de atividades distribuídas entre workshops, oficinas, minicursos, debates, leituras dramáticas, bate-papos em reuniões on-line e lives, posteriormente disponibilizados nas plataformas do festival. “Com isso, o FestFIM pretende ter uma grade de programação robusta e eclética atendendo a demanda de diferentes públicos, que terão cerca de 100 horas de atividades artísticas de qualidade para acompanhar”, completa Lawrence.

Para a transmissão dessas obras, a Cia. Apocalíptica utilizará sua própria plataforma digital dentro de seu site, além de suas redes sociais (YouTube, Facebook, Instagram) a fim de atingir o maior público possível.

Como se inscrever?
As inscrições para o 3º FestFIM serão realizadas exclusivamente pelo site www.ciaapocaliptica.com/festfim3, de 12 a 19 de setembro.

• Podem participar artistas e grupos de desenvolvam suas atividades dentro do estado de São Paulo e que tenham ou não experiência na disponibilização de suas obras para o formato digital.

• Cada artista ou grupo poderá inscrever uma atividade por categoria e dessas somente uma poderá ser selecionada.

• No momento da inscrição, os artistas ou grupos também indicarão o valor da remuneração para a sua participação, dentro dos parâmetros descritos no regulamento do festival.

• A seleção será feita por uma comissão composta por integrantes da Cia. Apocalíptica. Os selecionados para as estreias serão anunciados no dia 26 de setembro e os das demais modalidades no dia 10 de outubro em lives no instagram da Cia. Apocalíptica (@cia.apocaliptica).

As informações e o regulamento do 3º FestFIM estarão disponíveis no link www.ciaapocaliptica.com/festfim3, a partir do dia 12 de setembro.

Cia Apocalíptica

A Companhia Apocalíptica foi criada em 2013, em São José do Rio Preto/SP e mantém, atualmente, 12 obras em circulação (principalmente para o público infantil), que já fizeram parte da programação de 27 festivais. O coletivo acumula 10 prêmios e 14 indicações, além de realizar apresentações em SESCs, SESIs e feiras literárias por todo o estado de São Paulo, somando um público para mais de 70 mil espectadores.

Desde 2016 o grupo participa do “Programa de Qualificação em Artes” da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo. Entre 2017 e 2021, foi selecionado em 16 editais do Prêmio Nelson Seixas de Fomento à Cultura Rio-pretense, o que proporcionou a realização de duas edições da Mostra de Repertório “Apocalíptica 3×4”, três edições do projeto de formação “Vivências Apocalípticas” e nove projetos de pesquisa, entre outras atividades. Em 2019 e 2020, mais quatro editais do ProAc.

A partir de 2020, a companhia começou a se especializar na realização de festivais on-line e transmissões de apresentações ao vivo, diretamente da sua sede, no “Centro de Artes do Fim do Mundo”. Já foram realizados dois festivais, o FestFIM – Festival de Artes do Fim do Mundo, o maior festival online e internacional de artes integradas do estado de São Paulo, que está em sua 3ª Edição, e o FrESTA, uma jornada literária on-line que visa abrir uma discussão sobre literatura para além do livro, atualmente na segunda edição.

SERVIÇO
3ª edição do FestFIM – Festival de Artes do Fim do Mundo
Inscrições de 12 a 19 de setembro
Quem pode participar: artistas e grupos de todo o estado de São Paulo em qualquer categoria artística
Site de inscrição: www.ciaapocaliptica.com/festfim3

Boas Histórias Comunicação
imprensa@boashistoriascomunicacao.com.br
Kátia Marson – (19) 99141.8391
Leila Branco – (19) 98167.7441
Maria Claudia Miguel – (19) 99743.2142