36ª Sessão Ordinária realizada na Câmara de Mirassol (Foto: Câmara Municipal de Mirassol)

Na sessão realizada ontem, 22, os vereadores da Câmara de Mirassol acataram o veto do prefeito Edson Ermenegildo em relação ao projeto que aumentava os subsídios dos vereadores, prefeito e vice-prefeito. O documento também incluía o pagamento de 13º salário e férias.

Os vereadores também aprovaram todos os itens da pauta da 36ª Sessão Ordinária. Entre eles, dois que alteram o planejamento do orçamento municipal receberam propostas de emendas e um projeto de lei que altera o horário das sessões ordinárias.

De autoria dos vereadores Nando Nogueira e Vanderlei Pinatto, recebeu os votos favoráveis o PL que cria o Programa de Prevenção ao Diabetes nas Creches e Escolas Públicas Municipais. O trabalho tem como objetivo identificar crianças pré-diabéticas ou já com a doença para que sejam encaminhadas ao tratamento e alimentação adequados.

Do vereador Walmir Chaveiro, duas iniciativas legislativas também foram aprovadas. A primeira determina que o Município coloque placas informativas em obras públicas paralisadas e seus motivos. Já o segundo PL cria o “Programa Ir de Bike”, que prevê a instalação de bicicletários em Mirassol e ações para estimular o uso de bicicletas como transporte.

Outros três PL’s denominam ruas nos loteamentos Miravista Residencial. As proposituras são de autoria dos vereadores Ademir Massa, Nando Nogueira e Vanderlei Pinatto.
Todos os projetos de lei foram encaminhados ao Executivo Municipal. As leis poderão ser sancionadas ou vetadas parcial ou integralmente.

Novo horário

Um assunto muito discutido também foi a alteração do horário das sessões ordinárias. Em projeto de resolução apresentado pelo vereador Julio Salomão, os vereadores votaram favoráveis ao início das sessões às 18h. A partir da próxima segunda-feira (29), as reuniões já começam mais cedo.