Os vereadores da Câmara de Mirassol se reuniram no final da tarde de tarde de segunda-feira (04), para realizar a 11ª Sessão Ordinária do ano, foram aprovados um projeto de lei complementar e dois projetos de lei. O primeiro cria, em segunda votação, o emprego público de técnico de educação física e os outros dois autorizam a abertura de créditos adicionais às áreas da saúde e educação.

Os vereadores decidiram pela apreciação em regime de urgência do PL nº 49/2020, que prevê a liberação de R$ 149.930,00 para a compra de equipamentos e materiais destinados à UBS da Cohab I. Também votaram favorável à abertura de crédito no valor de R$ 100.624,58 que será usado na reforma do telhado da E.M Maria Aparecida Panza de Angeli, em Ruilândia.

Já na apresentação da pauta, foram lidos outros dois projetos, do Executivo Municipal, também solicitando autorização para a abertura de créditos adicionais. Um deles, no valor de R$ 436.232,51, é destinado para a aquisição de materiais e equipamentos para a UBS da Vila Verde, enquanto o segundo, de R$ 369.793,78, a ser encaminhado para as entidades da Apae, Lar dos Velhinhos, Cras e Creas.

Requerimentos buscando solução para problemas apontados por munícipes também foram aprovados. A pauta completa pode ser conferida aqui:  https://bit.ly/2xwQGOW
Durante a Sessão também foi decidido pelo presidente da Câmara, Marcão Alves, que será editado um novo ato regulando como serão os Expedientes Orais durante o período de quarentena. A partir da próxima segunda-feira (11), os vereadores deverão se inscrever previamente na manifestação oral e gravar após o término da sessão, separadamente, o Expediente Oral. Os vídeos serão disponibilizados nas redes sociais da Câmara Municipal.

Vereadores reunidos na 11ª Sessão Ordinária do ano (Foto: Divulgação/Câmara de Mirassol)