Foto: PMM

 

A Prefeitura de Mirassol, por meio da Vigilância Epidemiológica do Departamento Municipal de Saúde, informa que ainda restam 174 vagas para felinos machos ou fêmeas para encerrar a primeira fase do cadastramento da campanha de castração gratuita em massa. A inscrição teve início na última segunda-feira (13) e desde então já foram cadastrados 525 pets, sendo 186 gatos, 210 fêmeas caninas e 129 machos caninos. A organização já considera a campanha um sucesso, uma vez que a população compareceu em peso para inscrever os animais, seja ou não de estimação. A iniciativa vai auxiliar no controle populacional e na redução de abandono destes animais. Os cadastros continuam das 8h30 às 11 horas no Recinto Municipal Leopoldo Gotardi, na rua Adolfo Cândido de Souza, nº 142, no bairro Nossa Senhora Aparecida, e as castrações serão realizadas entre os dias 6, 7 e 8 de outubro, no mesmo local.

“Já estão esgotadas as vagas para caninos fêmeas. Nesta primeira fase serão castrados 720 animais, sendo que as inscrições para as 280 vagas restantes estão previstas pra serem feitas em dezembro junto com as vagas dos faltosos desta primeira etapa”, explicou a a médica veterinária Evelyn Costa Gonzales de Lima, responsável pela ação. “Então terá um novo cadastramento para completar as 1 mil vagas até o final do ano”, acrescentou.

O tutor ou responsável interessado em castrar o animal deve ser maior de 18 anos, portar RG e CPF e comprovante de residência. O cadastramento vai acontecer de segunda a sábado das 8h30 às 11 horas. “A data de cadastro vai até completar as vagas. Para fazer o cadastro não será necessário levar o animal”, explicou Evelyn. “O serviço será executado para o controle populacional de cães e gatos e também para controlar as principais zoonoses do município, principalmente a leishmaniose visceral canina. A castração contribui para reduzir a agressividade e agitação como também o risco de fuga e consequentemente o atropelamento do animal, além de evitar doenças sexualmente transmissíveis e outras patologias, como tumor de mama em fêmeas e infecções. O objetivo é estimular também hábitos de posse responsável na população”, acrescentou.

Evelyn orienta que para realizar a castração, os felinos devem pesar a partir de 1,5 quilos e os caninos a partir dos 4 meses de idade. “Se for da raça Pinchers, a fêmea deve ter idade entre 5 e 6 mses”, disse a médica veterinária.

A Prefeitura de Mirassol, por meio da Vigilância Epidemiológica, espera castrar até 1 mil animais, entre cães e gatos, sendo que o trabalho será realizado pelo sistema conhecido como “castramóvel”. “O atendimento será feito no Recinto Municipal, localizado no bairro Nossa Senhora Aparecida, por abranger uma região carente e com um número expressivo de cães e gatos, mas os animais de outros bairros poderão ser atendidos. Vai ser a primeira vez que estamos fazendo esta ação e tendo uma resposta positiva de adesões, nós pretendemos futuramente realizar a ação em outras regiões”, disse.

SERVIÇO PARA CADASTRO:
Cadastramento dos cães e gatos: início em 13/09/2021 até completar o número de vagas disponíveis.
Atendimento: Segunda a sábado (8h30 às 11 horas). Não precisa levar os animais.
Documentos exigidos: tutor ou responsável interessado em castrar o animal deve ser maior de 18 anos, portar RG e CPF e comprovante de residência.
Local: Recinto Municipal Leopoldo Gotardi, na rua Adolfo Cândido de Souza, nº 142, no bairro Nossa Senhora Aparecida, em Mirassol.
Mais informações: 3253-9980 (falar na Vigilância Epidemiológica)

Texto e imagem: Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal de Mirassol