O Mirassol FC até que tentou, mas não foi dessa vez que o clube conseguiu a chance de disputar uma final de campeonato paulista. O time entrou campo na tarde deste domingo, 2 de agosto, para enfrentar o Corinthians pelas semifinais do paulistão e acabou sendo superado pelo placar de 1 a 0 com um gol do corintiano Éderson.

O Leão entrou em campo em busca de uma oportunidade de gol nos contra-ataques, manteve uma marcação firme em cima do Corinthians e tentou criar chances com bons lances, mas aos 15 minutos do segundo tempo o Mirassol perdeu uma das principais peças do time, o atacante Juninho, que foi expulso após uma dividida com Carlos Augusto. A expulsão só aconteceu após o árbitro consultar o VAR.

O Mirassol sentiu muito a ausência de Juninho, tentou ser recompor em campo mas aos 26 minutos o corintiano Éderson acertou um forte chute de fora da área e abriu o placar na Arena Corinthians. Com um menos e um gol a favor do adversário, o Leão partiu para o ataque e até conseguiu criar boas chances de gol, mas não teve jeito, a partida terminou 1 a 0 para o alvinegro da capital e o Mirassol se despediu da competição.

Apesar da derrota, o Mirassol FC foi um dos times destaques do Paulistão, fez uma campanha consistente e satisfatória antes da pausa da competição por conta da pandemia do novo coronavírus, perdeu 18 jogadores, sendo 8 titulares, no retorno da competição e conseguiu avançar até as quartas, onde eliminou o São Paulo em pleno Morumbi por 3 a 2 e chegou pela primeira vez até as semifinais da elite do campeonato paulista.

Mirassol é superado pelo Corinthians e se despede do Paulistão (Foto: Fernando Roberto/Agência Futpress/Mirassol FC)