Foto: arquivo da família

 

Uma das mais antigas tradições praticadas é a nomeação de ruas como forma de homenagem a figuras que desempenharam um importante papel na história da cidade, no entanto muitas vezes essa contribuição deixada pelos homenageados acaba passando batida. Por isso hoje vamos contar um pouco sobre a vida de uma das pessoas que irá ter seu nome eternizado em uma das ruas do município de Mirassol.

Sugerida pelo vereador Fábio Kunii (Dem), uma das vias do bairro Parque dos Ipês II, que antes era apenas denominada Projetada 14, agora passa a ser chamada de rua José Joaquim de Oliveira Filho. Mas afinal quem foi esse homem?

José Joaquim de Oliveira Filho nasceu em 22 de setembro de 1920 na cidade de Monte Aprazível. Filho de José Joaquim de Oliveira e de Mariana Clara do Espírito Santo ele veio para Mirassol e por aqui começou sua vida adulta como vendedor de ovos, fotógrafo e músico.

Foi a sua paixão pela fotografia que o fez conhecer toda a nossa região, principalmente a área rural, onde ficava concentrada a maior parte de seus clientes. Já por meio da música conheceu sua companheira e esposa Cesira Modena de Oliveira, durante suas aulas de acordeon com o professor e irmão dela, Vitório Ferraroni. O casal teve 13 filhos.

O homem se apresentou em muitos bailes de Mirassol e região, ajudando a formar muitos casais, que acabaram se conhecendo durante as serestas que ele animava. Chegou até mesmo a se apresentar em programas de rádio e televisão. Nas festas juninas também era presença garantida junto com seu acordeon, que estava sempre acompanhado de músicos com um pandeiro e um violão.

Ele faleceu no dia 22 de outubro de 1998, em sua residência.