Para estes dois grupos, o DMS recebeu o total de 2.025 doses do imunizante CoronaVac (Foto: Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal de Mirassol)

O Departamento Municipal de Saúde (DMS) antecipou o início da vacinação contra o Covid do grupo de idosos de 62 anos para esta terça-feira (04), das 8 às 16 horas, no Centro de Saúde, também conhecido como Postão. A vacinação será feita apenas para os idosos que residem em Mirassol e por isso a importância de um documento com foto e a apresentação do comprovante de residência. O atendimento será no sistema pedestre. Já o grupo de idosos de 60 e 61 teve a vacinação antecipada para esta quarta-feira (05) e segue o mesmo procedimento de atendimento das idades anteriores. Para estes dois grupos, o DMS recebeu o total de 2.025 doses do imunizante CoronaVac.

A partir do dia 10, a vacinação começa para as pessoas com Síndrome de Down, pacientes renais em tratamento de diálise (Terapia Renal Substitutiva) e transplantados em uso de imunossupressores.

Nesses três grupos, serão aplicadas doses em pessoas adultas, na faixa de 18 a 59 anos, pois idosos pertencentes a esses públicos já estão contemplados nas etapas previamente anunciadas.

Já no dia 18, os motoristas e cobradores de ônibus do transporte coletivo municipal e intermunicipal poderão começar a receber a primeira dose.

Pré-cadastro no “Vacina Já”

O pré-cadastro no site “Vacina Já” (vacinaja.sp.gov.br) economiza 90% no tempo de atendimento para imunização: leva cerca de 1 a 3 minutos para quem preencheu o formulário. Presencialmente, em média, a coleta de informações leva cerca de 10 minutos. A ferramenta ajuda a agilizar o atendimento e a evitar aglomerações. Não é um agendamento e o uso não é obrigatório para receber a vacina, mas utilizá-la contribui para melhorar a dinâmica dos serviços e a rotina do próprio cidadão. O pré-cadastro pode ser feito por familiares de idosos ou de qualquer pessoa que participe dos públicos previstos na campanha.

Vacina Contra a Fome

A campanha “Vacina Contra a Fome” segue a todo o vapor no Centro de Saúde, também conhecido como Postão. O objetivo é promover uma grande mobilização social para o combate da insegurança alimentar das famílias em situação de vulnerabilidade, visando arrecadar alimentos não perecíveis que serão distribuídos a partir de uma ação conjunta do Fundo Social de Solidariedade, Departamento Municipal de Ação Social e Departamento Municipal de Saúde. A campanha também conta com a coordenação da Secretaria Estadual do Desenvolvimento Social. Os alimentos – doados de forma voluntária – estão sendo arrecadados no Centro de Saúde Central, também conhecido como Postão, de segunda a sexta-feira, das 8 às 16 horas.