Futuro “Hospital São Pedro” de Mirassol (Foto: Juliana Elias/Mirassol Conectada)

 

O futuro Hospital São Pedro, que está sendo construído em Mirassol pelo Lar São Francisco, despertou o interesse do estado, que se mostrou disposto a contribuir de alguma forma para a conclusão da obra. As informações são do prefeito eleito no município, Dr. Edson (PSDB), que comentou sobre a situação em uma entrevista ao vivo concedida ao Mirassol Conectada nesta última quarta-feira (18).

Segundo ele, as pretensões foram apresentadas durante uma reunião realizada em São Paulo, entre a instituição filantrópica de Jaci e a Secretaria Estadual de Saúde. A proposta é regionalizar o atendimento que será prestado no local e ampliar o número de leitos de 150 para 300.

Dr. Edson explicou que ainda durante o período de campanha eleitoral, a equipe do então candidato trouxe até a região o Secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, eles se reuniram com o Frei de Jaci para conversar sobre a situação do hospital e depois o secretário foi conhecer de perto a obra.

O secretário teria então levado a demanda até a Secretaria de Saúde do estado, que analisou a situação e se reuniu com o Frei posteriormente para informar sobre as intenções para o local.

“Na semana seguinte o frei foi convidado para comparecer na Secretaria de Saúde, em São Paulo, e pasmem todos, inclusive eu, o secretário disse ao frei que ele não tem interesse na construção desse hospital com apenas 150 leitos, ele quer dobrar essa capacidade para 300 leitos para que seja um hospital a nível regional, que atenda Mirassol e demais cidades vizinhas” – disse Dr. Edson durante a entrevista.

O futuro prefeito disse também que o município por si só, sozinho, não tem como atender à necessidade financeira para o término da obra desse hospital, mas com o estado “comprando a ideia” é possível que o projeto caminhe mais rápido em direção a sua conclusão.

O novo hospital já tem inclusive o nome definido e deve se chamar “Hospital São Pedro”, em homenagem ao santo padroeiro do município.

Assista a entrevista completa: