Mosquito transmissor da dengue (Foto: Getty Images)

A Prefeitura de Mirassol confirmou nesta quinta-feira, 12, que a cidade soma um total de 549 casos positivos de dengue somente neste ano, um aumento de mais de 400% em relação ao total registrado de janeiro até o início do mês de abril. A prefeitura confirmou também um óbito em decorrência da doença.

A prefeitura não forneceu mais detalhes sobre o óbito, como o sexo e idade da vítima, e quando ocorreu. Caso a informação seja enviada, ela será acrescentada ao texto desta matéria posteriormente.

Os casos de dengue vem aumentando significativamente na região nas últimas semanas. O problema também é enfrentado em diversas regiões do país. O Mirassol Conectada vem recebendo contato de vários moradores de vários bairros relatando incômodo com a quantidade pernilongos na cidade.

Em caso de sintomas, o que devo fazer?

Em caso de apresentar algum sintoma, o munícipe deve procurar atendimento na UPA ou qualquer Unidade Básica de Saúde do município para receber atendimento médico e colher exame específico para detecção de dengue. Somente com a coleta desse tipo de exame é possível constatar se o paciente está infectado com o referido vírus ou não; e somente com o preenchimento da notificação é possível a Vigilância Epidemiológica ter conhecimento da existência de um caso suspeito e, posteriormente, positivo.

Como se proteger e evitar a proliferação do mosquito da dengue?

As orientações para evitar a proliferação do mosquito da dengue são as mesmas: evite o acúmulo de água parada em seu imóvel, observando todo local passível de acumular água, como bebedouros de animais, pratos e vasos de plantas, ralos, calhas, caixas d’água e piscinas.

Outras maneiras de tentar se proteger do mosquito é mantendo a casa fechada e quem tem condições de comprar, fazer uso de um repelente corporal também pode ajudar a mantê-los afastados.