Moradores do bairro Profº Matheus Leite de Abreu entraram em contato com o Mirassol Conectada reclamando de algumas situações que estão incomodando os residentes do loteamento residencial. A principal delas é que o bairro não possui um acesso pavimentado pela vicinal que vai para Ruilândia, o que obriga muitos motoristas a realizarem o acesso pelos bairros Bela Vista ou Cohab 3, ou então atravessar um trecho de terra que separa o bairro da rodovia.

Segundo os moradores que entraram em contato com o MC, eles já solicitaram uma entrada direta para os bairros pela rodovia que seja pavimentada, em um pedido aberto no site da Prefeitura de Mirassol, mas afirmam que até o momento não obtiveram retorno ou respostas quanto ao pedido.

Outra reclamação dos moradores é que o bairro não possui lombadas nas ruas principais e que muitos terrenos estão abandonados e sem fiscalização, inclusive alguns proprietários colocam fogo para limpar  e provocam ainda mais incomodo aos moradores com fumaça e fuligem.

Procuramos a Prefeitura de Mirassol, por meio de sua assessoria de imprensa, e fomos informados de que solicitações do tipo não devem ser realizadas pelo site do executivo e que o correto é formalizar um pedido no departamento responsável, neste caso o Departamento de Trânsito ou de Planejamento Urbano. Questionada se existe algum projeto de pavimentar uma entrada que dê acesso direto ao bairro, a Prefeitura se limitou a dizer que “não houve nenhuma solicitação formal para iniciar estudos sobre isso”. 

Novo canal de comunicação

A prefeitura também informou que vai abrir um canal de comunicação com a população até o final do mês para formular a Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2023, onde os moradores poderão dar sugestões sobre os investimentos da prefeitura para o ano que vem.

Moradores do bairro Porfº Matheus reclamam de falta de acesso ao bairro (Foto: Divulgação)