O prefeito eleito de Mirassol, Dr. Edson (PSDB), vai assumir a prefeitura da cidade a partir do dia 1º de janeiro de 2021 com alguns desafios pela frente, como por exemplo a saúde, um dos setores que mais recebem críticas por parte dos moradores do município.

Dr. Edson concedeu uma entrevista ao Mirassol Conectada na tarde da última quarta-feira (18) e contou alguns detalhes sobre os objetivos e planos da futura administração para a área da saúde.

Segundo o novo prefeito, o espaço onde fica o prédio da antiga Santa Casa pode receber em breve um “Poupatempo da Saúde”, um local amplo que vai reunir diversos serviços e setores, como por exemplo: farmácia municipal, Departamento de Saúde, Setor de Ambulâncias e também laboratórios para a realização de exames.

“O que nós temos proposto para aquele prédio [Santa Casa] é fazer um ‘Poupatempo da Saúde’ e reunirmos lá vários segmentos da área da saúde, como a farmácia popular, o setor de ambulância, laboratórios, clínicas de especialidades e a estrutura do próprio Departamento de Saúde” – disse Dr. Edson. “Pode demorar um pouco porque lá é um espaço físico de um quarteirão e tem que ser totalmente remodelado ou reformado” – acrescenta.

O prefeito eleito também destacou que construir prédios próprios para os setores da saúde pode gerar uma economia considerável para os cofres públicos, já que, segundo ele, alguns órgãos da saúde funcionam em espaços alugados.

Leia também: Estado tem interesse em regionalizar futuro hospital de Mirassol, diz novo prefeito

O prédio da antiga Santa Casa, fechado desde 2003, foi comprado pela prefeitura na gestão do ex-prefeito Júnior Ricci em 2011, por pouco mais de R$ 2 milhões. Em parte do espaço foi construído o prédio próprio da UPA e a central do SAMU.

Antiga Santa Casa de Mirassol (foto: reprodução/Redes Sociais)

Confira a entrevista completa no vídeo abaixo: