O prefeito de Mirassol, Edson Antonio Ermenegildo, se reuniu com os diretores da Sanessol e da Agência Reguladora do Serviço de Água e Esgoto de Mirassol (Arsae) na sexta-feira (16) no gabinete da Prefeitura. Durante o encontro, o prefeito solicitou que fosse suspenso o reajuste da tarifa de água e esgoto do presente ano, ou, no mínimo, a diminuição do porcentual, justificando o pedido em virtude do período pandêmico e da atual conjuntura econômica dos mirassolenses apesar de reconhecer que o índice de 11,031% está em conformidade com o contrato de concessão do serviço público de água e esgoto.

Por meio de nota, a concessionária informou o Mirassol Conectada que recebeu o ofício da Prefeitura de Mirassol na manhã de segunda-feira (19) e que a empresa se solidariza com o momento, mas que o aumento corresponde ao reajuste anual praticado todo ano. Confira a nota na íntegra: 

A concessionária informa que recebeu o ofício da Prefeitura de Mirassol na manhã desta segunda-feira (19/07). A empresa se solidariza com este momento e, desde o início da pandemia, as equipes trabalham ininterruptamente para assegurar o abastecimento de água, essencial para a saúde e qualidade de vida de todos os munícipes. A empresa reitera que o índice citado corresponde ao reajuste anual ordinário e obedece às regras previstas no Contrato de Concessão assinado entre a empresa e a Prefeitura Municipal de Mirassol, necessários para que a Sanessol continue trabalhando 24 horas por dia para oferecer o melhor atendimento e serviços de qualidade à população mirassolense.

Texto e imagem: Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal de Mirassol