ETA – Estação de Tratamento de Água (Foto: Ricardo Boni)

 

O sistema de distribuição e tratamento de água da Sanessol é composto por um conjunto de tubulações, reservatórios, estação de tratamento de água, captação e bombas hidráulicas. Para manter essa estrutura e levar água tratada aos moradores de Mirassol, a Sanessol investe constantemente em melhorias.

Uma das ações em desenvolvimento é o estudo de modelagem hidráulica que funciona da seguinte forma: foram instalados, por uma empresa especializada, dataloggers em pontos estratégicos da rede. Esses equipamentos monitoram de forma exata a pressão da água 24 horas por dia. Depois disso, os dados captados são atualizados no EPANET, um programa de computador licenciado para simulação de melhorias no sistema de acordo com as necessidades de cada local específico. Essa análise técnica e precisa apontará para a concessionária uma lista de quais mudanças devem ser aplicadas em cada infraestrutura. Por exemplo: instalação de novas bombas; construção de novas redes; ativação e desativação de poços; entre outras. Todo trabalho é acompanhado de perto pela equipe operacional da concessionária e deve ser encerrado no prazo de seis meses.

“Escolhemos essa ferramenta por se tratar de uma das soluções mais eficientes do setor de saneamento básico. Investir em melhorias no sistema de distribuição e tratamento de água é sempre uma premissa para a companhia. Com a execução dessas ações, a partir do uso dessa tecnologia, vamos diminuir ainda mais o nosso índice de perda, que hoje é de aproximadamente 27%, bem abaixo da média nacional (39%), além de aumentar a qualidade no abastecimento”, explica o diretor operacional da Sanessol, Antonio Hercules Neto.

Água em Mirassol

ETA – Estação de Tratamento de Água (Foto: Ricardo Boni)

 

Em Mirassol, a água é captada de duas formas: 40% da represa de captação do rio São José dos Dourados; e os outros 60% por meio de 13 sistemas compostos por 57 poços: Vale do Sol, Santa Claudia, Karina, Souza, Bico, São Pedro, Recanto de Alá, Ruilândia, ETA Centro, Village, Terra Vista, Parque das Flores e Golden Park. Todos esses sistemas são monitorados nos 365 dias do ano.

A água é tratada nos reservatórios e na Estação de Tratamento de Água do bairro São José, de acordo com as legislações vigentes e exigências do Ministério da Saúde.

A equipe técnica coleta amostras nos reservatórios e nos cavaletes dos imóveis para analisar propriedades como turbidez, cor, presença de cloro, entre outros. Mais de 7 mil análises são realizadas por mês, abrangendo parâmetros físico-químicos, orgânicos, inorgânicos e biológicos.  Todo início do ano, os clientes recebem um relatório em suas casas com um resumo desses resultados que podem ser acompanhados pelo site https://www.iguasa.com.br/sanessol/informacoes-para-voce.ade