O novo coronavírus fez mais uma vítima em Mirassol nesta sexta-feira, 3 de julho. Trata-se de um homem de 63 anos, ele estava internado e intubado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Base desde o dia 27 de junho. Este é o quarto óbito confirmado na cidade pela doença, o nome do morador não foi divulgado.

O primeiro óbito registrado em Mirassol foi de um homem de 82 anos, no dia 13 de maio, a segunda morte registrada pela doença foi de uma mulher de 65 anos, no dia 10 de junho e o terceiro óbito foi de uma idosa de 90 anos, no dia 22 de junho.

Foram confirmados mais seis casos positivos da doença entre ontem e hoje, a sexta-feira fecha com 159 casos positivos de coronavírus desde que a doença começou a circular na cidade, 54 confirmados somente esta semana. As informações foram divulgadas pela Prefeitura de Mirassol, por meio do setor de vigilância epidemiológica do Departamento de Saúde.

O 154º caso é de uma mulher de 28 anos. Ela cumpre quarentena em casa.

O 155º caso é de um homem de 61 anos. Ele cumpre quarentena em casa.

O 156º caso é de uma mulher de 59 anos. Ela cumpre quarentena em casa.

O 157º caso é de um homem de 34 anos. Ele cumpre quarentena em casa.

O 158º caso é de um homem de 37 anos. Ele cumpre quarentena em casa.

O 159º caso é de um homem de 58 anos. Ele cumpre quarentena em casa.

O município contabiliza 1007 notificações, 159 positivos, 777 negativos e 71 aguardando resultado. Do total de positivos, há 78 curados, 63 em quarentena, 14 internados e 4 óbitos.

A doença está em ascensão em todo o interior paulista, inclusive em Mirassol. Até agora, a semana registrou o maior número de casos positivos desde o início da pandemia. Confira no gráfico abaixo:

Imagem: Mirassol Conectada
Imagem: Mirassol Conectada