A paralisação do Campeonato Paulista devido a pandemia do novo coronavírus começa a afetar os clubes do estado, principalmente as agremiações do interior, como é o caso do Mirassol FC. Dos 26 atletas do Leão, 14 estão com o contrato sendo encerrados, foram nove só na última semana, os demais acordos também chegam ao fim nas próximas semanas.

Tiago Alves, Reniê, Diego Diareta, André Castro, João Denoni, Hernandes, Paulo Roberto, Maranhão, Carlos Renato, Romário, Luís Otávio, Chico, Marcelo Toscano e o principal destaque do time, o meia Camilo, são os jogadores que podem não defender mais o Mirassol no restante da competição quando a mesma retornar.

Dentre os nomes citados, quatro atletas já tem a sua saída do clube sacramentada, Camilo e Hernandes assinaram pré-contrato com a Ponte Preta e logo se apresentam no time de Campinas para a disputa do Brasileirão Série B no próximo semestre. Chico e Romário estavam emprestados ao Leão e também não devem continuar após o fim dos contratos.

Em entrevista ao programa TS Notícias da TS Rádio, o presidente do Leão, Edson Antônio Ermenegildo, comentou um pouco sobre a situação financeira e dos atletas do clube:

“É uma situação complicada e inusitada no campeonato, nunca passamos por uma situação como essa, temos que ir com calma e administrar os problemas” – disse Ermenegildo. “Por hora nossa situação econômica está estabilizada, o que nos preocupa é daqui para frente, mas estamos honrando os nossos compromissos” – completa o presidente.

O mandatário ainda disse que muitos dos jogadores que estão em fim de contrato com o Leão poderão renovar com o time para disputar o restante do Paulistão, quando o mesmo retornar, porém essa decisão de continuar no clube ou não, é exclusiva desses atletas.

“O que temos acertado com a FPF é que excepcionalmente poderemos contratar esses jogadores, caso queiram, para o término da competição, inclusive os que estão vencendo o contrato” – finaliza.

Meia Camilo é um dos destaques do Leão que não retorna ao time para o final do Paulistão (Foto: Marcos Freitas/Agência Mirassol FC)