Após ser alvo de denúncias de assédio sexual, o presidente da CBF Rogério Caboclo foi afastado pela comissão de ética da instituição por 30 dias da presidência. Quem assume agora é o vice-presidente Coronel Nunes.

Com o anúncio, os jogadores da seleção Brasileira que estavam rachados com Rogério, decidiram jogar a Copa América, que começa dia 13, um domingo.

Amanhã, a seleção entra em campo pelas eliminatórias da Copa do Mundo contra o Paraguai.

Rogério Caboclo, presidente afastado da CBF — Foto: WILTON JUNIOR/ESTADÃO CONTEÚDO