Foto: reprodução Google Street View

A Fundação Casa “Alexandre Thomé de Souza”, localizada em Mirassol, realizou no último mês uma testagem em massa do novo coronavírus em todos os internos do local e quase metade dos adolescentes testou positivo para covid-19. O espaço abriga 43 jovens que cumprem medidas socioeducativas, desses 19 foram positivados para a doença.

O exame realizado foi do tipo PCR (Proteína-C Reativa), mais conhecido como exame do cotonete, que é um dos mais eficazes para diagnosticar a doença. De acordo com informações da assessoria de imprensa da instituição, quem teve resultado positivo foi isolado dos que receberam resultado negativo. Todos se mantiveram assintomáticos e nenhum deles precisou de internação ou teve seu quadro agravado pela doença.

Além dos adolescentes, três colaboradores, dois do CASA Mirassol e um da OSC, também testaram positivo para covid-19, sendo afastados para cumprimento da quarentena de 14 dias em casa. Todos passam bem. O uso de equipamentos de proteção individual foi reforçado entre os servidores. Os itens são disponibilizados pela instituição e se trata de luvas, avental, toucas, máscaras (todos descartáveis) e óculos de proteção. O centro também distribui insumos como álcool gel e líquido para a higienização, de acordo com as funções e setores que mais tivessem contato com os adolescentes.

Os familiares dos internos foram comunicados sobre os resultados das testagens e puderam continuar em contato com eles semanalmente, por meio de vídeo chamadas. A equipe de enfermagem da própria instituição monitorou o quadro de saúde dos internos, realizando a aferição de temperatura corporal, saturação e pressão arterial três vezes ao dia para avaliar a condição de saúde de cada um e comunicar a família.

Para proteger os demais adolescentes que tiveram resultados negativos para a doença, aqueles que testaram positivo receberam máscaras de proteção de dupla camada em tecido para utilizar em período integral, que são trocadas de acordo com as recomendações do Ministério da Saúde.

Todos os jovens que testaram negativo estão alojados em dormitórios separados e sem qualquer tipo de contato com os adolescentes contaminados. O CASA Mirassol intensificou os cuidados e protocolos preconizados pelas autoridades sanitárias, como uso de máscara de dupla camada, higienização frequente das mãos com sabonete e álcool gel, distanciamento social de 1,5m e a realização de atividades pedagógicas com grupos reduzidos”, informou a assessoria de imprensa da Casa Mirassol ao Mirassol Conectada.