Futuro hospital em Mirassol vai atender também cidades da região (Foto: Julia Caputi)

Na manhã deste domingo, 2/5, o vice-governador de São Paulo, Rodrigo Garcia (DEM), visitou as instalações do futuro Hospital Regional de Mirassol, que receberá o nome de Hospital São Pedro na Providência de Deus, para anunciar a liberação de uma verba de quase R$ 17 milhões para o prosseguimento das obras do hospital, que já dura mais de dez anos.

A visita também contou com presença do prefeito municipal Dr. Edson (PSDB), do vice-prefeito Beto Feres (PSDB), dos vereadores mirassolenses, do secretário de desenvolvimento regional, Marco Vinholi (PSDB), do Frei Francisco Belotti, da Associação Lar São Francisco de Assis, de empresários da cidade e outras autoridades públicas da região, como o deputado estadual Itamar Borges (MDB) e o prefeito de Rio Preto, Edinho Araújo (MDB), bem como a imprensa regional.

Segundo o Frei Francisco Belotti, o montante deve ser suficiente para que a obra seja concluída até maio de 2022, tornando possível o atendimento a partir do próximo ano. Simbolizando o acordo, o vice-governador, junto a outros políticos da região, plantou mudas de árvores na entrada do futuro hospital..

“A chegada dessa verba representa a força da comunidade de Mirassol, dos empresários, dos comerciantes e do governo do Estado de SP. Com esse complemento, e se Deus quiser, nos próximos meses ou no máximo no início do próximo ano já estaremos aqui com a obra ou totalmente ou parcialmente pronta. Esse hospital será regionalizado, atendendo não só Mirassol, e será retaguarda que nossa região tanto precisa”, disse o presidente-nato da Associação Lar São Francisco, Frei Francisco Belotti.

A expectativa é que o novo hospital receba pacientes do sistema público e privado de saúde de toda a região, e que alivie a demanda outros hospitais que prestam serviços de média e alta complexidade, como o Hospital de Base de Rio Preto. A verba será repassada por meio de convênio que será celebrado entre o Governo do Estado e a Associação Lar São Francisco de Assis na Providência de Deus, entidade filantrópica responsável pelo serviço. O pagamento ocorrerá de acordo com o andamento da obra.

“É muito bom começar o domingo assim, trazendo aqui, em nome do governador João Dória, esse apoio para a conclusão das obras. São quase R$ 17 milhões para que, até o ano que vem, o hospital esteja pronto e a gente possa avançar para o grande desafio, que é a abertura. Junto com outros equipamentos em construção aqui na região, o novo hospital vai possibilitar um atendimento ainda mais preciso e eficaz para a área da saúde pública”, disse o vice-governador Rodrigo Garcia em seu discurso.

Em novembro de 2020, o então recém-eleito prefeito Dr. Edson disse em entrevista ao Mirassol Conectada que o Governo do Estado de SP já tinha se mostrado disposto a contribuir de alguma forma para a conclusão da obra do novo hospital. Na ocasião, o prefeito disse que o município por si só não tem como atender à necessidade financeira para o término da obra, e que a ajuda do governo estadual seria fundamental.

Em seu discurso durante a visita do vice-governador, o prefeito de Mirassol pediu “união” pela construção do novo hospital: “Apesar da importante ajuda do governo do Estado, nós também deveremos contribuir. Fica aqui minha colocação aos empresários, comerciantes e população de Mirassol para que retomemos essa luta para ajudar o Lar São Francisco a terminar essa obra que vai ser importante não só para Mirassol quanto para as cidades circunvizinhas. Vamos no unir”, disse Dr. Edson.

Construção do novo hospital já dura dez anos

Idealizado em 2010 pelo Lar São Francisco (com sede em Jaci), em parceria com a Associação dos Amigos Centenários de Mirassol, o futuro Hospital Regional de Mirassol já teve sua construção paralisada em diversos momentos nos últimos dez anos, especialmente por falta de recursos financeiros.

Para dar andamento no projeto, o Lar São Francisco promovia as festas do Milho e da Mandioca, além de receber o apoio de empresas da cidade, membros da comunidade, entidades, clubes de serviço e de personalidades que promoveram shows e eventos beneficentes em prol da construção.

Com 14 mil m², a unidade em construção terá 118 leitos, incluindo 11 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), além de nove salas cirúrgicas com 11 leitos de Recuperação Pós-Anestésica (RPA). Também estão previstos 10 consultórios médicos e cinco salas para exames de imagem, como endoscopia, tomografia e ressonância magnética.

Obras do futuro “Hospital São Pedro” de Mirassol começaram em 2010 (Foto: Juliana Elias/Mirassol Conectada)

Segundo informações da Prefeitura de Mirassol, o Estado já havia repassado ao município R$ 1,15 milhão, entre 2014 e 2015, para auxiliar no andamento da construção.

Segundo a Associação Lar São Francisco, até agosto de 2017, foram aplicados mais de R$ 7 milhões no complexo. Quando concluído, ele contará com Centro Cirúrgico, Centro Obstétrico, Centro Integrado de Diagnóstico, Raio-X, Ultrassonografia, Mamografia, Tomografia, Endoscopia, Ressonância Magnética, Colonoscopia, Cuidados à Saúde Mental de usuários de substâncias químicas e em situação de vulnerabilidade social, além de centro de fisioterapia, laboratório de análises clínicas e todos os demais serviços necessários para que se torne referência em média e alta complexidade na região.

Atualmente, além da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), Mirassol conta com os serviços de saúde disponíveis no Hospital e Maternidade Mãe do Divino Amor, que presta atendimento pelo Serviço Único de Saúde (SUS), convênios e particulares. Ainda de acordo com a Associação Lar São Francisco, são cerca de mil atendimentos de urgência e emergência por mês, 400 consultas, 200 internações, e aproximadamente 70 cirurgias.

Vice-governador Rodrigo Garcia conversa com a imprensa regional após anuncio de verba para hospital de Mirassol (Foto: Julia Caputi)

Localização do novo Hospital Regional de Mirassol

O futuro Hospital está sendo construído na Avenida Fernando Vendramini (prolongamento da avenida Eliezer Magalhães), nº 4.350, ao lado do Condomínio Manhatan e próximo ao antigo Interior Eventos.

Mais verbas do Governo Estadual para Mirassol

A visita do vice-governador Rodrigo Garcia à Mirassol é o segundo encontro entre os poderes municipal e estadual no mesmo fim de semana. Na última sexta-feira, dia 30/4, o prefeito de Mirassol, Edson Ermenegildo, participou de uma audiência pública no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo. Dr. Edson viajou a convite do Governador do Estado, João Dória.

De acordo com a Prefeitura de Mirassol, o governador informou que liberará, de imediato, R$ 12,9 milhões para investimentos nos municípios da região, e que até o próximo ano deve liberar mais R$ 21 bilhões.

Prefeito de Mirassol participa de audiência no Palácio dos Bandeirantes com o governador João Dória (PSDB) (Foto: Divulgação)