Mirassol fecha outubro com 185 postos de trabalho a mais (Foto: Divulgação)

Mirassol fechou o quinto mês seguido com saldo positivo de contratações de trabalhadores formais com carteira assinada. Em outubro, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), a cidade teve 770 admissões e 585 demissões, um saldo positivo de 185 novos postos de trabalho.

Assim como nos últimos meses, o setor responsável pela maior parte dos novos empregos continua sendo a indústria. Em outubro, dos 185 novos postos de trabalho, 124 foram só no setor industrial. Em seguida vem Serviços, com saldo positivo de 59 contratações; Comércio, com 38 contratações, Agropecuária, que se manteve estável com saldo positivo de 3 postos de trabalho a mais e Construção, que fechou com com saldo negativo de 39 trabalhadores.

Após um período de três meses em queda no início da pandemia, a cidade começou a se recuperar em junho e em agosto teve o seu melhor mês do ano até o momento, foram 816 admissões e 397 demissões. No acumulado do ano, a cidade tem um saldo positivo de 649 novos postos de trabalho, sendo 5.538 admissões e 4.889 demissões nos primeiros dez meses de 2020. Este é o melhor saldo para um ano desde 2010, quando a cidade fechou com 705 trabalhadores a mais.

A informação está disponível no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo CAGED), do Ministério do Trabalho e foi divulgada nesta sexta-feira, 27 de novembro. Para consultar o documento, clique aqui e acesse o item 3.Tabelas.xlsx.

Imagem: Reprodução/Caged

No primeiro semestre do ano, a economia local sofreu com os reflexos da pandemia do novo coronavírus, foram três meses consecutivos com mais trabalhadores demitidos do que contratados. Com a recuperação registrada nos últimos meses, Mirassol agora tem saldo positivo de contratações no acumulado do ano. São 466 trabalhadores formais a mais do que o total registrado no dia 1º de janeiro de 2020. No ano, são 4.761 admissões e 4.295 desligamentos.

Confira o saldo mensal de admissões e desligamentos em Mirassol em 2020:

Outubro: 770 admissões e 585 desligamentos – Saldo: 185 positivo

Setembro: 668 admissões e 479 desligamentos – Saldo: 189 positivo

Agosto: 816 admissões e 397 desligamentos – Saldo: 419 positivo

Julho: 603 admissões e 431 desligamentos – Saldo: 172 positivo

Junho: 408 admissões e 384 desligamentos – Saldo: 24 positivo

Maio: 273 admissões e 404 desligamentos – Saldo: 131 negativo

Abril: 229 admissões e 582 desligamentos – Saldo: 353 negativo

Março: 537 admissões e 592 desligamentos – Saldo: 55 negativo

Fevereiro: 488 admissões e 453 desligamentos – Saldo: 35 positivo

Janeiro: 526 admissões e 440 desligamentos – Saldo: 86 positivo

Total no ano: 4.761 admissões e 4.295 desligamentos – Saldo: 466

Mirassol criou 384 vagas com carteira assinada em 2019

Mirassol fechou o ano passado com saldo positivo de novos empregos, foram 384 vagas com carteira assinada a mais em 2019, o melhor resultado em sete anos. No auge da última crise econômica no Brasil – entre 2014 e 2016 – a cidade chegou a perder 2 mil trabalhadores em dois anos, mas começou a se recuperar e desde 2017 vinha registrando saldos positivos no final de cada ano.

Ano       Saldo de contratações

2019      +384 vagas

2018      +184 vagas

2017      +268 vagas

2016       -634 vagas

2015       -1.359 vagas

2014      +49 vagas

2013       -187 vagas

2012      +601 vagas

2011       +327 vagas

2010       +705 vagas

2009       +160 vagas

2008       +637 vagas

2007       +1.027 vagas