Trabalhador da Construção Civil (Foto: Divulgação/Canva)

O CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) divulgou nesta quinta (28) os dados de contratação de trabalhadores formais em todo o país relativos a março deste ano. Mirassol registrou um saldo positivo de 110 postos de trabalho a mais, foram 852 admissões contra 742 demissões. O setor de construção civil foi o responsável pela maior quantidade de vagas geradas no período, com 106 novos empregados, seguido pelo setor de Serviços com 76 contratações a mais

Os setores da Agropecuária, Indústria e Comércio registraram saldo negativo em fevereiro, a agropecuária fechou com -1, o setor da Indústria com -66 e o comércio com -8 empregos. O Brasil registrou um saldo positivo total de 136 mil novos postos de trabalho, sendo o estado de São Paulo responsável por quase um quarto desse total.

Mirassol gerou quase 1.000 empregos formais em 2021

Mirassol encerrou o ano de 2021 com recorde na geração de empregos formais com carteira assinada, apesar do saldo negativo registrado em dezembro, a cidade criou 995 novos postos de trabalho em relação ao total registrado em 2020, foram 8.120 contratações e 7.125 demissões. Os dados estão disponíveis no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo CAGED), do Ministério do Trabalho e foram divulgados nesta segunda-feira (31). Para consultar o documento, clique aqui.

O saldo positivo é o maior dos últimos 14 anos, o CAGED disponibiliza dados relacionados a emprego desde 2008. Os setores da indústria e do comércio foram responsáveis pela maior parte das contratações, somando juntos cerca de 90% de todas as vagas criadas.

Confira o saldo mensal de admissões e desligamentos em 2022:

Março: 852 admissões contra 742 demissões – Sado positivo de 110 emprego

Fevereiro: 789 admissões contra 671 demissões – Saldo positivo de 118 empregos

Janeiro: 621 admissões contra 602 demissões – Saldo positivo de 19 empregos

Confira o saldo de admissões e desligamentos com carteira assinada em Mirassol nos últimos 14 anos:

Ano       Saldo de contratações

2021      +995 vagas

2020      +719 vagas

2019      +384 vagas

2018      +184 vagas

2017      +268 vagas

2016       -634 vagas

2015       -1.359 vagas

2014      +49 vagas

2013       -187 vagas

2012      +601 vagas

2011       +327 vagas

2010       +705 vagas

2009       +160 vagas

2008       +637 vagas